Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

Filha Única – Em 2017, Delfina, de 21 anos, retorna de Nova York para uma pequena cidade costeira na província de Buenos Aires. Lá, ela visita o túmulo de uma idosa e uma jovem que é idêntica a ela, chamada Julia. Na verdade, a imagem da lápide poderia facilmente ser um retrato dela. A partir da identidade destas duas faces, a jovem viva e a morta, uma série de memórias se desdobra: algumas memórias de infância de Delfina, alguns de seu pai Juan. Juan, aos 25 anos, descobre que é filho de desaparecidos. Ao realizar o processo de descobrir sua verdadeira identidade, ele conhece Julia, jovem que se apaixona e que morreu tragicamente em um acidente. Muitos anos depois, Juan se casa com outra mulher, Berenice, e tem uma filha chamada Delfina


>> Gosta do nosso trabalho e quer nos ajudar sem fazer doações? <<